Google+ Followers

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Minha esposa não trabalha

Conversa entre um marido (H) e um psicólogo (P):


P: O que o Sr. faz da vida, Sr. Bandy?
H: Eu trabalho como contador em um banco.



P: E sua esposa?
H: Ela não trabalha. Ela é apenas uma dona de casa.



P: Quem faz o café da manhã para sua família?
H: Minha esposa, já que ela não trabalha…



P: Que horas sua esposa costuma acordar?
H: Ela acorda bem cedo, pois precisa se organizar antes de poder sentar para tomar seu próprio café da manhã. Põe a mesa, arruma o lanche para a escola das crianças; verifica se elas estão bem vestidas e penteadas, se tomaram seu café direito, se escovaram os dentes e se pegaram todo seu material de escola.



P: Como é que os seus filhos vão à escola?
H: Minha esposa os leva para a escola, já que ela não trabalha.



P: Depois de levar seus filhos para a escola, o que ela faz?
H: Ela costuma aproveitar para resolver alguma coisa na rua, como pagar contas ou dar uma passada no supermercado. Depois, volta para casa a tempo de fazer o almoço. Serve a mesa, arruma a cozinha e depois vai cuidar da roupa – lavar ou passar – e da limpeza da casa. Você sabe, ela não trabalha…



P: À noite, depois de voltar para casa do escritório, o que o Sr. faz?
H: Descanso, é claro, pois eu fico muito cansado, após ter trabalhado o dia inteiro no banco.



P: E o que a sua esposa faz à noite?
H: Ela arruma a janta, serve os nossos filhos e a mim, lava a louça, dá mais uma organizada na casa. Depois, ajuda as crianças a se aprontarem para dormir, dá o leite quente que eles gostam de beber, confere se escovaram os dentes…



A rotina diária de várias mulheres pelo mundo inteiro inicia-se de manhã e segue até tarde da noite… Isso é chamado de “não trabalha” ??!!
Ser Dona de Casa não exige diplomas, mas tem um papel fundamental na vida da família! Desfrutem e valorizem suas esposas, porque seus sacrifícios são incontáveis!

Alguém perguntou a ela: “Você é uma mulher que trabalha ou é só ‘dona de casa’?
Ela respondeu:
“Eu trabalho como esposa do lar, 24 horas por dia… Eu sou uma mãe, Eu sou uma mulher, Eu sou uma filha…
Eu sou o despertador, sou a cozinheira, sou a empregada doméstica. Eu sou a professora, o garçom, a babá, a enfermeira.
Eu sou uma trabalhadora braçal, sou a agente de segurança. Eu sou a conselheira, eu sou o edredom…
Eu não tenho feriados, não tenho licença por doença, não tenho dia de folga… Eu trabalho dia e noite, estou de plantão o tempo todo. Não recebo salário e… Ainda escuto a frase: ‘Mas o que você faz o dia inteiro’?”



Mulher é como sal: sua presença nunca é lembrada, mas sua ausência faz todas as coisas ficarem sem sabor! Dedicado a todos as mulheres que dão suas vidas pelo bem estar de suas famílias.

Autor Desconhecido.

14 comentários:

  1. Olá Ana, um trabalho 24 sobre 24 que ninguém reconhece, nem o marido e nem os filhos mais tarde. Estar em casa é sinónimo de não fazer nada, infelizmente! Este texto faz-nos refletir e ser mais solidárias com as pessoas que estão em casa e zelam pela família. Uma excelente partilha. Beijo, boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus,

    Essa rotina de trabalho forçado anda me matando... kkkkkk
    Estou quase fugindo de casa... kkkkk
    Um abraço a todas as donas de casa e a todos aqueles que por piedade ajudam nas tarefas do lar.
    Abraços,
    Drica.

    ResponderExcluir
  3. É isso mesmo, Ana! Ser dona de casa é trabalho muito duro e ainda por cima não remunerado!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Trabalho de casa nunca acaba. Há sempre alguma coisa a necessitar de atenção.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Trabalho de casa nunca acaba. Há sempre alguma coisa a necessitar de atenção.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Tão desvalorizado o trabalho das mulheres que em casa não param nunca para que a família esteja bem. Gostei de ler e entendo a mensagem.
    Uma boa semana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Anna,

    O trabalho doméstico é - com certeza - um dos que mais exigem de um ser humano. Por isso mesmo, a pessoa que o faz, seja a própria dona da casa ou um empregado (a) doméstico merece demais o reconhecimento a que faz jus. Em vez disso, há essa ideia cretina e sem nenhum fundamento de que o trabalho doméstico não é trabalho, rsrs.

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Anna, colocando na ponta do lápis, nós trabalhamos absurdamente mais!
    bjs

    www.digoporai.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana
    Muito bacana este texto, deixa de fazer o serviço de casa pra ver se as pessoas da própria casa não reparam, dizem que está sujo, desarrumado, e ainda tem a ousadia de perguntar:- mas você ficou fazendo o quê o dia todo?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Ana,
    O duro, para nós mulheres, é que qdo trabalhamos fora, ainda temos que dar conta da casa também, pois a maioria dos maridos não ajuda., faço parte das mulheres que têm turno dobrado.
    Adorei o texto
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Amei...como se desvaloriza o trabalho de uma mulher que optou por ficar em casa a trabalhar e no entanto, não trabalha..Contra-senso, não é??

    ResponderExcluir
  12. Muito bom Xará
    Vida de mulher é uma loucura, trabalhando fora ou não, a gente não descansa! e ainda tem q cuidar do marido cansado, kkkk

    bju amiga
    ana

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Volte sempre!
Deixe aqui seu comentário ou entre em contato comigo pelo e-mail bragamaral@uol.com.br.
Agradeço, Ana Maria