Google+ Followers

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Filhos são do mundo.

Filho é um ser que nos foi emprestado para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos,
de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem.
Isto mesmo !
Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.
Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo".

Filhos são do mundo...
(José Saramago)
Devemos criar os filhos para o mundo.
Torná-los autônomos, libertos, até de nossas ordens.
A partir de certa idade, só valem conselhos.
Especialistas ensinaram-nos a acreditar que só esta postura torna adulto aquele bebê que um dia levamos na barriga.
E a maioria de nós pais acredita e tenta fazer isso.
O que não nos impede de sofrer quando fazem escolhas diferentes daquelas que gostaríamos ou quando eles próprios sofrem pelas escolhas que recomendamos.

Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo!
Então, de quem são nossos filhos?
Eu acredito que são de Deus, mas com respeito aos ateus digamos que são deles próprios, donos de suas vidas,
porém, um tempo precisaram ser dependentes dos pais para crescerem, biológica, sociológica, psicológica e emocionalmente.
E o meu sentimento, a minha dedicação, o meu investimento?
Não deveriam retornar em sorrisos, orgulho, netos e amparo na velhice?
Pensar assim é entender os filhos como nossos e eles, não se esqueçam, são do mundo!
O problema é que meu coração já é deles.
É a mais concreta realidade.
Só resta a nós, mães e pais aproveitar todos os momentos possíveis ao lado das nossas 'crias', que mesmo sendo 'emprestadas' são a maior parte de nós !!!
"A vida é breve, mas cabe nela muito mais do que somos capazes de viver "

12 comentários:

  1. Ahhh, os filhos... Um amor tão absoluto!
    Uma linda semana pra vc!
    Bjuu
    Joanna

    ResponderExcluir
  2. Filhos do mundo e para o mundo, gosto não. Queria que fosse meus, só meus.
    Como é que que ponho blogs na minha lista lateral? Depois da mudança da interface, estou perdida.

    ResponderExcluir
  3. Amiga ,texto muito verdadeiro.Adorei a colocação.Mas dores de saudade ,de medo e insegurança quando eles parte para o mundo,são impossível não sentirmos.Vontade de protegê los pra vida toda.
    Bj grande amiga e boa semana.
    Marcia Cristina

    ResponderExcluir
  4. Minha mãe que o diga! Lá em casa somos 4 filhos e os dois filhos homens moram fora há mais de 15 anos. Um em sampa e outro nos EUA. E assim a vida continua.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga!!!
    Estava passeando pela internet e encontrei teu blog, que me encantou!!
    Sou do blogueiras unidas, n° 683,vem me visitar também, meu blog está cheio de graficos e moldes e em breve estou preparando um sorteio de mimos...ah,seja min
    ha seguidora e coloque meu BLOG em sua lista de blog, assim aumentam tuas chances na hora do sorteio!!
    Te aguardo aqui.. bjus
    JANE
    http://artesdajanemarcia.blogspot.com
    http://www.facebook.com/artesdajane
    https://twitter.com/#!/jmarcia8

    ResponderExcluir
  6. Eu acredito nisso piamente, Ana... Tento não ser tão protetora, apesar de tudo que nos move para isso... Mas, filhos crescem, vão para o mundo mesmo!
    Temos que rezar por eles, formá-los na medida em que nos compete, mas isso tudo é uma fase, um laço, ainda virão outros...
    Bjs, querida.

    ResponderExcluir
  7. Olá, moça... há tempos , deixei de sonhar que meus filhos ficariam perto de mim... não... cada um escolheu seu caminho...mas, acredito que isso faz parte, mesmo da vida...e sabe que a dor da ausência se transformou em expectativa de saudade?mais uma vez, amei vir no seu cantinho.. beijos...Penélope

    maniasdapenelope.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ana adoraria me comunicar com vc, seria possível via e-mail? o meu é penelopecharmosa_mcsb@hotmail.com, beijos, Penélope

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana penso assim mas meu filhotinho ainda esta na fase da maternagem.
    Bjkas e adoro seu blog.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ana,
    Se pudesse, ficaria com minhas filhas embaixo das asas, para sempre!rs!
    Mas não dá, né? Elas precisam ir para o mundo!
    Adorei o texto!
    Um beijo e obrigada pela visitinha!

    ResponderExcluir
  11. Olá Ana

    Acho que são nossos enquanto pequenos, mas quando crescem são do mundo.

    BJ00000000......................
    www.amigadamoda1.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana,
    Eu gosto muito desta frase, mas desconheço o autor, acho que ela diz tudo: "Ser mãe é a arte de se tornar desnecessária".
    Beijos 1000 e uma 4ª-feira maravilhosa para vc.

    SORTEIO “Chá do Chapeleiro Maluco”
    http://www.gosto-disto.com/2012/04/sorteio-cha-do-chapeleiro-maluco.html

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Volte sempre!
Deixe aqui seu comentário ou entre em contato comigo pelo e-mail bragamaral@uol.com.br.
Agradeço, Ana Maria