Google+ Followers

segunda-feira, 11 de julho de 2011

O que as mulheres fazem quando estão com elas mesmas



Li este texto, escrito por Ivan Martins, editor da revista Época. Achei interessante e por isso vou repassar para vocês, resumidamente.


"Ontem eu levei uma bronca da minha prima. Como leitora regular desta coluna, ela se queixou, docemente, de que eu às vezes escrevo sobre “solidão feminina” com alguma incompreensão. Ao ler o que eu escrevo, ela disse, as pessoas podem ter a impressão de que as mulheres sozinhas estão todas desesperadas – e não é assim. Muitas mulheres estão sozinhas e estão bem. Escolhem ficar assim, mesmo tendo alternativas. Saem com um sujeito lá e outro aqui, mas acham que nenhum deles cabe na vida delas. Nessa circunstância, decidem continuar sozinhas.

Minha prima sabe do que está falando. Ela foi casada muito tempo, tem duas filhas adoráveis, ela mesma é uma mulher muito bonita, batalhadora, independente – e mora sozinha. Ontem, enquanto a gente tomava uma taça de vinho e comia uma tortilha ruim no centro de São Paulo, ela me lembrou de uma coisa importante sobre as mulheres: o prazer que elas têm de estar com elas mesmas. “Eu gosto de cuidar do cabelo, passar meus cremes, sentar no sofá com a cachorra nos pés e curtir a minha casa”, disse a prima. “Não preciso de mais ninguém para me sentir feliz nessas horas”.

Ontem, ao conversar com a minha prima, me voltou muito claro uma percepção que sempre me pareceu assombrosamente evidente: a riqueza da vida interior das mulheres comparada à vida interior dos homens, que é muito mais pobre.


A capacidade de estar só e de se distrair consigo mesma revela alguma densidade interior, mostra que as mulheres cultivam uma reserva de calma e uma capacidade de diálogo interno que muitos homens simplesmente desconhecem.



Homens saem para o mundo e o transformam, enquanto as mulheres mastigam seus sentimentos, bons e maus, e os passam adiante, na rotina da casa. Tem sido assim por gerações e só agora começa a mudar.



O que virá da transformação é difícil dizer. Mas, enquanto isso não muda, talvez seja importante não subestimar a cultura feminina. Não imaginar, por exemplo, que atrás de toda solidão há desespero. Ou que atrás de todo silêncio há tristeza ou melancolia. Pode haver escolha. Como diz a minha prima, ficar em casa sem companhia pode ser um bom programa – desde que as pessoas gostem de si mesmas e sejam capazes de suportar os seus próprios pensamentos. Nem sempre é fácil."

20 comentários:

  1. Oiiii Ana...Bommm diaaa,eu particularmente adoro estar comigo mesma...tipo só eu e eu,acho que todos deveriam tirar um tempinho para si todos os dias,nem que for uns minutinhos,faz um bem enorme pra alma!!!!
    Linda semana pra vc Ana!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu amo passar momentos comigo mesma...Curtir minha casa, ler um bom livro, caminhar pelo jardim e ou quintal, sentar debaixo de uma árvore ou mesmo ficar sem fazer nada... Tudo isso me dá imenso prazer!
    Abraços e uma semana abençoada pra ti!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana!Visito teu blog a muito tempo ,mas nunca fiz nenhum comentário,mas hoje tomei minha iniciativa de comentar.Adorei o post e também comparto que nos faz muito bem ter nossos momentos só para nós mesmas.Assim podemos colocar nossos mimos em dia.Esses momentos me dao verdadeiras alegrias para mim!!!
    Um beijo grande !

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito do seu blog , querida Ana.
    Concordo plenamente com o texto. Eu também gosto de estar comigo mesma de vez em quando .
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Nunca gosto de está comigo mesma. Nunca sai coisa boa.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana, tudo bem?
    Bacana o texto. Também gosto muito de passar horas comigo mesma, existem coisas que gosto de fazer sozinha, ninguém atrás de mim, nem meu marido, que é um doce de pessoa.
    Entretanto, tudo tem dois lados, gosto de ficar só com minhas coisas, meus pensamentos, mas sabendo que dali algumas horas vai chegar alguém.
    Solidão o tempo todo não deve ser bom, não.
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Querida Ana, estou completamente de acordo.
    Tinha uma massagista que conversava o tempo todo enquanto me dava massagem.
    Era divorciada e dizia:
    -Agora, cueca de homem só na cadeira. Na gaveta, nunca mais!
    Beijo,
    Nina

    ResponderExcluir
  8. Muito bom!
    Bem verdadeiro!
    Eu escrevo, e essa é a forma que encontrei de estar comigo mesma, de me 'ouvir', e isso é muito bom!
    Beijo, amiga!
    http://tengavolantes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana querida, adorei esse artigo, que lindo, uma visão masculina analisando o mundo das mulheres, fica mais poetico, para nós é tão normal, cuidar de nós mesmas, cuidamos de todos se for preciso, mas o que deixa muitas mulheres sozinhas mesmo é encontrar homens a altura, (abafa bem abafado) porque quem não quer um companheiro legal, todas queremos, mas tá dificil. ai desculpa amiga se exagerei, é que achei tão legal esse tema, super discutivel o querer ficar só mas o curtir mesmo sozinha, as vezes não tem outro jeito.bjo grande, querida.

    ResponderExcluir
  10. Oi minha linda, o meu email é evasabbado@gmail.com, bjinhos, um dia bem bacana para vc, Ana querida.

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana... fez bem em repassar o texto, pelo visto a maioria das mulheres, concorda que nós somos excelentes e agrádaveis companhia para nós mesmos,sabemos lidar melhor com o estar só, diferentemente de estar sózinha.Amei Bjs querida e boa semana.

    ResponderExcluir
  12. Eu sou minha melhor companheira ... com certeza!



    Beijos ...

    Elaine

    ResponderExcluir
  13. Oi Ana que ótimo esse texto. Muito boa essa visão masculina, mostra realmente toda a nossa sensibilidade.

    bjs querida
    http://ursulinodecor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi amiga querida
    Obrigada por compartilhar este ótimo texto.
    Creio que a mulher vive mais tranquilamente sozinha que os homens, vejo aqui, na minha realidade, no meu mundinho , que as mulheres separadas ou viúvas conseguem ser felizes sozinhas, e os homens estaõ logo a procura de uma companheira, não só por sexo,mas é dificil pra eles estarem sozinhos, viverem sozinhos.
    bjs
    Tina (SONHAR E REALIZAR)

    ResponderExcluir
  15. Querida Ana, acabei de lhe eviar um e-mail.
    Tenha um bom dia,
    Beijo,
    Nina

    ResponderExcluir
  16. Olá Ana

    Realmente nem toda pessoa solitária está sozinha e angustiada.
    Adorei seu texto.

    Bjoooooooooooo...........
    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá Ana Maria, tudo bem com voce?

    Gostei imensamente deste texto, e concordo com
    muitas coisas, a maioria.

    Eu particularmente gosto de ficar sozinha, de vez
    em quando, não sempre.

    um beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  18. Olá Ana

    Uma ótima 5º feira a vc...

    Bjooooooooooo...........
    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Ana, eu me sinto muito bem qdo estou sozinha, acho importante esse tempo pra cuidarmos de nós mesmas. Beijos e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  20. Passeando pelos blogs encontrei o seu! Resolvi entrar e comecei a ler, nossa, amei esse texto e fiquei com água na boca com aquela macarronada,rs!!!Posso até ouvir: "solta os cachorros!!!" Parabéns pelo seu cantinho, muito agradável! Bjos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Volte sempre!
Deixe aqui seu comentário ou entre em contato comigo pelo e-mail bragamaral@uol.com.br.
Agradeço, Ana Maria