Google+ Followers

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Caminhada matinal

Em torno de 3 vezes por semana, vou caminhar bem cedo na Av. Beira Mar.
É um local muito bonito, alegre e agradável.
Tem de tudo, além de pessoas se exercitando, há também pessoas vendendo frutas, roupas, comidas, etc.
Essa miscelânea é que torna o ambiente diferente.

O ponto alto da minha caminhada é uma parada na Liz, senhora que vende cuscuz, tapiocas e cafezinho. Sempre adquiro seus cuscuz que são maravilhosos e trago para saborear no café da manhã.
Ela é muito alegre e feliz. Sempre com suas histórias bem humoradas e aconselhamentos.
Pelas fotos vocês poderão ter uma ideia da beleza dessa avenida à beira mar.


 



  Quadras poliesportivas

   Academia


 Bom policiamento

  À noite, são armadas muitas barracas vendendo artesanatos





  Muitas assessorias esportivas na orla







   Liz e sua alegria.


  Local onde Liz fica vendendo seus produtos











  Vista para as Docas do Mucuripe


 Essa parte, terminando reforma

É ou não um local lindo e maravilhoso?

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Minha esposa não trabalha

Conversa entre um marido (H) e um psicólogo (P):


P: O que o Sr. faz da vida, Sr. Bandy?
H: Eu trabalho como contador em um banco.



P: E sua esposa?
H: Ela não trabalha. Ela é apenas uma dona de casa.



P: Quem faz o café da manhã para sua família?
H: Minha esposa, já que ela não trabalha…



P: Que horas sua esposa costuma acordar?
H: Ela acorda bem cedo, pois precisa se organizar antes de poder sentar para tomar seu próprio café da manhã. Põe a mesa, arruma o lanche para a escola das crianças; verifica se elas estão bem vestidas e penteadas, se tomaram seu café direito, se escovaram os dentes e se pegaram todo seu material de escola.



P: Como é que os seus filhos vão à escola?
H: Minha esposa os leva para a escola, já que ela não trabalha.



P: Depois de levar seus filhos para a escola, o que ela faz?
H: Ela costuma aproveitar para resolver alguma coisa na rua, como pagar contas ou dar uma passada no supermercado. Depois, volta para casa a tempo de fazer o almoço. Serve a mesa, arruma a cozinha e depois vai cuidar da roupa – lavar ou passar – e da limpeza da casa. Você sabe, ela não trabalha…



P: À noite, depois de voltar para casa do escritório, o que o Sr. faz?
H: Descanso, é claro, pois eu fico muito cansado, após ter trabalhado o dia inteiro no banco.



P: E o que a sua esposa faz à noite?
H: Ela arruma a janta, serve os nossos filhos e a mim, lava a louça, dá mais uma organizada na casa. Depois, ajuda as crianças a se aprontarem para dormir, dá o leite quente que eles gostam de beber, confere se escovaram os dentes…



A rotina diária de várias mulheres pelo mundo inteiro inicia-se de manhã e segue até tarde da noite… Isso é chamado de “não trabalha” ??!!
Ser Dona de Casa não exige diplomas, mas tem um papel fundamental na vida da família! Desfrutem e valorizem suas esposas, porque seus sacrifícios são incontáveis!

Alguém perguntou a ela: “Você é uma mulher que trabalha ou é só ‘dona de casa’?
Ela respondeu:
“Eu trabalho como esposa do lar, 24 horas por dia… Eu sou uma mãe, Eu sou uma mulher, Eu sou uma filha…
Eu sou o despertador, sou a cozinheira, sou a empregada doméstica. Eu sou a professora, o garçom, a babá, a enfermeira.
Eu sou uma trabalhadora braçal, sou a agente de segurança. Eu sou a conselheira, eu sou o edredom…
Eu não tenho feriados, não tenho licença por doença, não tenho dia de folga… Eu trabalho dia e noite, estou de plantão o tempo todo. Não recebo salário e… Ainda escuto a frase: ‘Mas o que você faz o dia inteiro’?”



Mulher é como sal: sua presença nunca é lembrada, mas sua ausência faz todas as coisas ficarem sem sabor! Dedicado a todos as mulheres que dão suas vidas pelo bem estar de suas famílias.

Autor Desconhecido.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Nova Praça

Na avenida onde moro, tem uma praça, antes conhecida como Praça das Flores.
Construída nos anos 80, passou mais de 20 anos sem uma boa reforma.
Finalmente, o atual prefeito remodelou todo o ambiente (cerca de 11 mil m²) e em maio deste ano fez sua reinauguração.
Ficou muito mais bonita, com nova iluminação, banheiros, banca de revista, acessibilidade, quadra poliesportiva, um playground, uma academia ao ar livre e mais vegetação.

Atualmente, cerca de 70% da praça tem cobertura vegetal.
Mudaram o nome para Praça Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, em homenagem ao pai de um grande empresário de Fortaleza (Beto Studart), que agora é o responsável por sua manutenção.
Vale a pena frequentar a nova praça.

















Amei e vocês?