Google+ Followers

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Bolo Browne


Browne é um bolinho tipicamente americano e que tem feito sucesso nas doceterias.
Acredito que muitas pessoas saibam que o Browne nasceu de um erro em sua receita.
Há um tempo, fazia algumas receitas dele e nunca ficavam tão bons.
Até que aprendi uma, num dos programas da Ana Maria Braga, que gostei.
Esta receita faço sempre e todos apreciam.
Já presenteei amigas com meus Brownes.
É um bolo que, se ficar 5 minutos a mais no forno, já não fica tão bom.
Em média, precisa só de 20 minutos em forno médio.
A massa ainda sai um pouco mole no centro da forma, mas é assim mesmo.
Já compartilhei esta receita, mas vou repeti-la, pois vale a pena:
 

Ingredientes:
200 gr. de chocolate em barra meio amargo
2/3 de xíc. de manteiga
2 xícaras de açúcar (uso o açúcar mascavo)
4 ovos
1 colher de chá de baunilha
1 ¼  xíc. de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
½ colherinha de sal
1 xíc. de nozes ou castanhas picadas.

Modo de fazer:
Bate o açúcar, os ovos e a baunilha, até ficar com a cor esbranquiçada.
(deixo uns 10 minutos batendo) 

À parte, derrete-se em banho-maria o chocolate com a manteiga.
Joga junto com o açúcar já bem batido. Mexe bem
Acrescenta a farinha de trigo, o fermento e o sal.
Mexe bem.
Por último, põe as nozes ou castanhas quebradas. 

Assadeira untada e polvilhada.
Põe no forno pré-aquecido por aproximadamente uns 20 minutos.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Jantar com cunhados

                Há uns dias, fiz uma reunião, em casa, para receber as cunhadas e os maridos.
         Uma vez por mês, isso acontece e sempre na cada de alguma delas.
         Como não tenho costume de cozinhar, passei à tarde do sábado, preparando alguns pratos e organizando a casa para o encontro.
         Felizmente, o marido ajuda muito, tornando assim, o serviço um pouco mais ameno.
         Ao terminar os preparativos, ainda deu tempo de tomar um banho tranquilo e deitar para descansar as pernas, um pouco antes dos convidados chegarem.
 
         Eles são bem alegres, falam tudo de uma vez, engraçados....
                Estar com eles, é sempre ocasião para muita alegria.
         Quando todos saíram (eram 7 pessoas), só fiz guardar as comidas que sobraram, tomar um banho e deitar.
         Cansadíssima!!!
O mais importante, para mim, é que valeu a reunião.
Todos saíram elogiando o encontro.
 
         Dia seguinte, acordei mais disposta e foi quando dei uma geral na cozinha, guardando louças, talheres, taças e deixando tudo, do jeitinho que gosto.
 
         Sempre vale a pena reunir pessoas amigas.
         As fotos são bem “acadêmicas” e poucas.

 Bandeja do cafezinho

 Final da reunião, a cozinha ficou assim.

 
 

domingo, 20 de dezembro de 2015

Festas de Natal

Este ano, não me animei em decorar minha casa para o Natal.
Isso não quer dizer que não curta. Pelo contrário, adoro.
Tiveram 2 casamentos em casa, (setembro e novembro) muitos estresses, despesas, cansaços e também alegrias, é claro.
Estou a curtir as reuniões de Natal, com as amigas. 
Já falei, que participo de um grupo, com 19 amigas, que chamamos de Clube das Luluzinhas.
Isso já perdura desde abril de 2011.
Esta semana, foi nossa comemoração.
São sempre reuniões de muitas alegrias.
Nosso grupo são só de pessoas amigas e todas pessoas do bem.
Fizemos sorteio de amiga-secreta. Ganhei uma camisola com estampa de oncinha. Uauuuu !! Linda toda.
Não estou mais levando máquina fotográfica e fico me contentando com fotos tiradas no celular, que nem sempre ficam de boa qualidade.
Esta mostra só parte do grupo das Luluzinhas.
 

Semana antes, participei também da reunião de Natal das amigas de colégio, que também foi muito boa.
Nesta, participaram em torno de 26 amigas.
Foi na casa de uma delas.
Muita alegria, muita comilança, brincadeiras, mas não nos esquecemos do Aniversariante. 
 
 


Com Marley, a dona da casa. 

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Sou assim...

Não sei se vocês acreditam em renovação de energias nas nossas casas.
Creio nisso.
 
Gosto de tirar coisas sem uso, aquelas que estão encostadas num canto da casa, só ocupando espaço.
Faz-me um bem danado.
 
Todos os meses, participo da “reunião dos irmãos” na família do meu marido.
Geralmente, levo coisas que não uso mais para doar.
Pode ser qualquer coisa: roupas, objetos pessoais e de casa também.
Como ganhei vários copos e taças no meu casamento (mês passado), já dei uma nova arrumada na minha cristaleira.
Tinham conjuntos de copos/taças que nunca tinha usado.
Resultado: tirei todos esses e substitui com peças que ganhei e usarei.
Doamos para uma sobrinha que está montando casa nova. Ficou super feliz.
 
Então é assim, o que não me serve, será útil para outras pessoas, sem falar que abre espaço e energias para coisas novas.
Se você não usa, você não precisa.
Já disse, gosto de ter só o essencial.
Coisas sem uso, só guardo se for uma peça de família com algum valor sentimental.
 
Outro detalhe: não gosto de deixar nada quebrado.
Nada de “coisinha a fazer”.
Se quebra algo, já vou separando para mandar ajeitar.
Isso se valer a pena, é claro.
Caso contrário, farei doação.
Sempre tenho alguém que gosta e aproveita dessas doações.
 
Gosto de fazer lista do que preciso providenciar, assim vou resolvendo tudo, dentro do possível.
 
Vazamentos? Nem pensar em deixar pra depois.
Precisamos ver com muitos bons olhos o desperdício de água no nosso planeta.
A reciclagem tb é um assunto bem importante.
 
Não tenho muitas roupas. Tenho o essencial.
Pra que ter 20 calças jeans, se no final não usarei todas?
Acho que é “empatar” dinheiro com coisas desnecessárias.
Prefiro usar esse dinheiro com coisas que valham a pena.
 
Se eu só guardo, guardo, acumulo....daqui um tempo, a casa ficará pequena com tantas coisas.
Não tenho apego a nada material.
Mas, conheço pessoas que não conseguem e nem querem ser assim.
Respeito quem pensa o contrário.
“Cada qual com os seus cada quais.”
O importante é ser feliz.
 
Sou assim....
E é assim que me gosto.
Sou muito feliz.
 
 

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Aniversario do Pedro

                Este mês, fui ao aniversario de um ano, do Pedro. Um fofo.
         Amei a decoração. Estava tudo impecável.
O motivo da festa foi Ferrari, e no centro da mesa tinha “GP do Pedro”.
         Os pais e até o aniversariante estavam vestidos a caráter.
         Em cada mesa, tinha um papel contando, de forma resumida, a história da Ferrari(**).
         O maior mérito foi da avó do aniversariante, (Ítala) que planejou quase tudo.
         Gosto demais de aniversários de crianças pela riqueza de detalhes em sua decoração.
 Cada convidado recebia um crachá semelhante a este

 Centro da decoração

Cones de trânsito e rodas de karts
 

 Cardápio
 Nós
 

 Decoração da mesa dos convidados


 Mais detalhes
 Lembrancinhas para as crianças


 Pneus de karts decorando
 Olhem que docinho lindo em formato de kart!

 Bôlo

 
Tudo lindo, concordam?
----------------------------------------------
 
(**)Fundada por Enzo Ferrari em 1929. A equipe tem o nome de seu fundador.
O cavalo rampante era o símbolo do avião de caça de Francesco Baracca na I Guerra Mundial e logo depois se tornou logotipo da Ferrari, depois dos fundadores da Ace Fallen, bons amigos de Enzo Ferrari, pedirem-lhe para continuar sua tradição de cavalheirismo esportivo e ousadia.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Ivoneide

Sabe aquela pessoa que a gente foi vizinha por muitos anos e com o tempo vamos nos afastando?!
Mesmo sem motivos, só por conta do corre-corre do dia-a-dia.
Quando notamos, já passaram vários anos.
Foi o que aconteceu com a Ivoneide.
 
Quando morava com meus pais, era nossa vizinha e tínhamos muito contato.
Ela é uma pessoa de bem com a vida e bem risonha.
Minha família se sente muito à vontade com ela.
 
Há poucos dias ela aniversariou.
Daí liguei parabenizando e foi quando ela cobrou uma visita.
 
Combinei com minhas irmãs e mamãe para irmos fazer uma visita-surpresa.
Levamos uma torta salgada, um bolo e claro, um presentinho.
 
Ivoneide ficou muito alegre com nossa presença.
Foram momentos de muita descontração, recordações e risadas.
 
Como é bom estar com pessoas queridas!
Fazer de um simples momento algo mais agradável e prazeroso nos torna mais leve e gostosa a vida.
 Ivoneide de saia preta